Pedalando entre cachoeiras e subindo rumo a um vulcão

Os dois últimos posts escrevi sobre os pedais que me levaram as duas extremidades da ilha de Bali. A província de Karangasem a leste e a província de Jembrana a oeste. Agora, chegou a vez de conhecer o centro da ilha, suas montanhas, cachoeiras e vulcões. Bem vindo à Buleleng! Selamat datang!

O dia escolhido para meu último pedal da “Rota dos 9 templos” não poderia ter sido mais lindo. Aquela manhã de sol, com um belo céu azul, as ruas perfumadas pelos incensos das oferendas nos portões das casas, o que poderia ser mais perfeito para um passeio de bicicleta?

Sai de casa bem cedo, rumo a província de Buleleng, a única região de Bali que eu ainda não tinha conhecido. Meu objetivo era chegar ao Pura Ulun Danu Buyan, um templo erguido as margens do lago Danau Buyan e também próximo da cadeia do vulcão Bratan. Conhecer uma das famosas cachoeiras da ilha de Bali seria o bônus para finalizar a minha aventura na ilha.

A minha pedalada foi guiada pelo meu aplicativo de celular. No horizonte distante, eu via algumas montanhas e pensava: será que eu vou ter que subir alguma delas? A cada quilômetro que eu avançava, a resposta para essa pergunta ficava cada vez mais clara. Sim, você vai ter que subir uma baita montanha! Não demorou muito, e a escalada começou.


Que bom que eu deixei essa província por último, pois os outros passeios aprimoraram o meu preparo físico, me deixando bem azeitado para esse incrível desafio. Logo no início da subida, eu recebi o apoio de algumas crianças que estavam vestidas com seus belos e bem passados uniformes escolares. Elas sorriam e me aplaudiam, enquanto eu passava com minha bicicleta.

Foi um longo pedal de paciência. Por conta das subidas constantes, foram poucos os trechos da estrada onde pude passar a marcha de velocidade na bicicleta. Fiz uma parada para repor as energias, em um belo restaurante. Tomei um chá gelado, em uma varanda elevada, com uma vista para a floresta e um jardim todo florido.

Continuei o meu pedal, até chegar ao meu destino. Enquanto estacionava minha bicicleta, surgiu um senhor do nada, para me alertar sobre as tradições hindus e para pedir que eu vestisse meu sarongue, antes de entrar no templo. O local estava deserto. Ao fundo tinha uma floresta gigante, de onde vinham sons de animais estilo parque dos dinossauros. A natureza da ilha é exuberante e muito preservada.

Tirei algumas fotos e me preparei para retornar do passeio. Na saída, conheci alguns jovens locais, que me pediram para tirar algumas fotos com eles. Solicitei algumas dicas sobre como chegar em uma cachoeira bacana. Segui em busca de um local indicado pelos jovens. Continuei o caminho em direção ao topo da montanha. Lá chegando, encontrei uma bela vista para o lago Danau Buyan. Neste trajeto, vi um morcego gigante e famílias de macaquinhos na beira da estrada, mas nada de cachoeira. Quando não tinha mais para onde subir, já tendo iniciado a descida para o outro lado da ilha de Bali, resolvi voltar.

Durante esse retorno da viagem, vi uma placa que indicava o caminho para uma cachoeira e resolvi visitá-la. O caminho passava por um canavial e por uma cidadezinha muito estranha, pois não tinha ninguém nas ruas. Parecia uma cidade fantasma, de filme de terror, estilo “Children of the corn”. Deixei a bicicleta em uma pousada e segui andando por uma trilha, no meio do mato. Passei por uma pontezinha rústica e, finalmente, cheguei na cachoeira. Valeu a pena! O lugar era incrível e estava completamente deserto. Um momento especial, só entre mim e a natureza.

A volta foi uma moleza. Quase não precisei pedalar. Fui só cuidando dos freios, sem deixar a bicicleta ganhar muita velocidade, evitando uma descida perigosa. Já estava começando o entardecer e algumas nuvens desceram recobrindo a montanha. Fiquei literalmente pedalando nas nuvens! Quando elas sumiram, percebi que estava próximo a outro templo incrível, o Pura Ulun Danu Bratan, na mesma província do templo Tanah Lot, pela qual já havia passado.

Fechei a rota dos 9 templos com chave de ouro! Não vejo a hora de fazer a minha próxima viagem de bicicleta. Você tem uma dica de lugar bacana para pedalar? Deixe aqui nos comentários.

Posts Em Destaque
Posts em breve
Fique ligado...
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • YouTube - Black Circle